03/09/2014




Mas a verdade é que ainda não quero me prender a nada, a nenhum lugar, a ninguém.

Será?

Nenhum comentário:

Postar um comentário