10/07/2014



Eu juro que não. Eu nego. Com a boca, digo não. Hoje, não. Negativo. Agora não. Em hipótese alguma. Não dá mais. Não pode ser. Tá bom assim. Não. Nem pensar. Não posso, nada sério. Não, eu disse. Porque não. Não, não e não. É perigoso, não. Repassando - não. Não, mas obrigado. Quando digo não é não. Sem envolvimento, não. Pela última vez: não. 

Aí eu encosto a cabeça, me vem na mente e...Ah, não..

Nenhum comentário:

Postar um comentário